segunda-feira, 1 de outubro de 2012

Oração do entardecer



     O entardecer por estas bandas é sempre poético e nostálgico. Tem bandos de periquitos em algazarra, tem a fogo-pagou no topo dos telhados, tem revoadas de notas musicais à procura do infinito. E é quando a enigmática noite se aproxima e os animais diurnos dão lugar a corujas e acauãs, que saudades e lembranças enchem o nosso coração e um suspiro brota do peito em forma de oração.

Adriano César Curado

2 comentários:

  1. "quando o orvalho se dispersa a claridade e a luz voltara para embelezar os teus movimentos bela Pirenópolis."
    Adriano gostei como sempre e com uma linda imagem.O entardecer da bela como sempre.Grande abraço

    ResponderExcluir

Minhas leitoras e meus leitores, ao comentarem as postagens, por favor assinem. Isso é importante para mim. Se não tiver conta no Google, selecione Nome/URL (que está acima de Anônimo), escreva seu nome e clique em "continuar".

Todas as postagens passarão por minha avaliação, antes de serem publicadas.

Obrigado pela visita a este blog e volte sempre.

Adriano Curado