sexta-feira, 28 de setembro de 2012

A tradição



     Nos usos e costumes provados e testados anos a fio, nas consequências do isolamento desses morros que nos cercam, no talento latente dentro de cada um de nós, enfim nasce a cultura do folclore abençoado. E seguem os anos, que se juntam em décadas, que se amontoam em séculos, e a repetição talha na alma a espontânea alegria de reviver nossos festejos, nossas celebrações, neste modo de ser que é tão pirenopolino. Hoje estamos com o bastão da história, mas amanhã teremos de entregá-lo a quem nos suceder, para que nunca se apague a chama da tradição.

Adriano César Curado

2 comentários:

  1. Prezado Adriano César, assim todo povo de Pirenópolis habitará com dignidade e chegará ao futuro de forma confortável e em tempo compatível com uma boa qualidade de vida. Terá acesso a serviços de educação e de saúde de qualidade e a amenidades, lazer, cultura e parques nas vizinhanças de suas residências. Terá encontrado a forma de conviver com as águas, com seu meio ambiente e com sua paisagem natural. Os jovens terão oportunidades de emprego e os idosos terão uma cidade preparada para proporcionar-lhes um envelhecimento com qualidade de vida. Abraço no amigo

    ResponderExcluir
  2. Linda foto e texto poético e perfeito. Parabéns.

    ResponderExcluir

Minhas leitoras e meus leitores, ao comentarem as postagens, por favor assinem. Isso é importante para mim. Se não tiver conta no Google, selecione Nome/URL (que está acima de Anônimo), escreva seu nome e clique em "continuar".

Todas as postagens passarão por minha avaliação, antes de serem publicadas.

Obrigado pela visita a este blog e volte sempre.

Adriano Curado