quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Erro no Canto da Primavera 2014


 Creio que foi equivocado escolher a praça Central para o palco principal do Canto da Primavera. E são vários os motivos. (1) Por questão de segurança, seria melhor que os grandes shows fossem em um lugar amplo que propiciasse rápida evacuação em caso de emergência. Na praça Central, se houver um evento que leve pânico ao público,  milhares de pessoas terão que tropeçar em bancos de pedra, tocos, cercas, arvoredos e ainda se livrarem do fosso do antigo chafariz para escapar, correndo o risco de queda e pisoteamento. (2) Vizinhos ao palco há três pessoas com mais de 90 anos de idade: Alaor, Rosinha e Maria. (3) O patrimônio histórico não foi feito para aguentar a vibração sonora de caixas com amplificadores quase da altura da torre da Matriz.

Já que não há bom senso, só espero que as paredes de pau-a-pique da nossa bicentenária casa aguentem o tranco.

Adriano Curado


Um comentário:

  1. Rosa Maria dos Anjos Silva18 de dezembro de 2014 14:47

    Falta bom sendo dos gestores públicos para com a sociedade. Antes de tomarem uma decisão dessas ele tinham que ouvir o povo, que é o diretamente envolvido. Mas não se importam com isso. Vai ser um deus-nos-acuda.

    ResponderExcluir

Minhas leitoras e meus leitores, ao comentarem as postagens, por favor assinem. Isso é importante para mim. Se não tiver conta no Google, selecione Nome/URL (que está acima de Anônimo), escreva seu nome e clique em "continuar".

Todas as postagens passarão por minha avaliação, antes de serem publicadas.

Obrigado pela visita a este blog e volte sempre.

Adriano Curado