segunda-feira, 8 de abril de 2013

Lá vem a banda (poema)



Lá vem a banda

Lá vem a banda,
barulhenta, agitada,
e põe todo mundo na janela,
hipnotiza de tal forma
que saímos ao seu encalço,
não importa aonde vá.

Lá vem a banda
na ladeira do Rosário,
lá vem o povo histérico
que grita vivas,
e a coisa já se tornou
uma festa incontrolável.

Lá vem a banda
que traz na rabeira a história
que rebuliça algo no peito
das gentes da cidade
e brota recordações,
saudades de outras bandas.

Adriano César Curado

3 comentários:

  1. É tão perfeito que dá até para escutar a banda descendo a ladeira e o povo gritando atrás nas alvoradas da festa.

    ResponderExcluir
  2. Excelente, como tudo que vc escreve.

    ResponderExcluir
  3. Consigo até ouvir a banda na alvorada!

    ResponderExcluir

Minhas leitoras e meus leitores, ao comentarem as postagens, por favor assinem. Isso é importante para mim. Se não tiver conta no Google, selecione Nome/URL (que está acima de Anônimo), escreva seu nome e clique em "continuar".

Todas as postagens passarão por minha avaliação, antes de serem publicadas.

Obrigado pela visita a este blog e volte sempre.

Adriano Curado