segunda-feira, 21 de maio de 2012

Cadê a Banda de Couro?


     Este blog é solidário aos percursionistas que compõem a velha Banda de Couro de Pirenópolis, numa tradição de ritmos que remontam à escravatura. É que, por falta de inclusão entre as despesas da Festa do Divino, este ano não teve, até agora, a presença da bandinha nos festejos.

     E quero ressaltar a importância das batidas ritmadas dos garotos que acordam de madrugada e saem pelas ruas da cidade, sozinhos e com frio, para não deixar morrer uma parte do nosso folclore. Na veia dos pirenopolinos corre farto sangue negro. Então precisamos ter mais respeito com sua herança cultural, atualmente já tão reduzida.

     Apesar de constar na programação, a Banda de Couro não vai tocar sem receber o justo pagamento pelo seu esforço.

      Por que não pagam também a Banda de Couro de Pirenópolis? Se alguém souber a resposta, por favor, me informe.

Adriano César Curado

7 comentários:

  1. Que absurdo isso. Aquela bandinha tão linda, com os meninos tocando tambores de couro, não vai participar da festa? O povo de Pirenópolis aceita tudo isso pacificamente?

    ResponderExcluir
  2. Oi Adriano,
    tenho uma moradia em Piri...mas, moro em Brasília.
    e sou um tanto participativa em alguns eventos da cidade.
    aqui tem umas fotos da "Folia do Padre", que foi na fazenda Mateus Machado, onde "indiretamente" tenho alguns parentes.

    A montagem do altares foi de minha incumbência e os outros detalhes deste pouso..porém a responsabilidade logicamente orquestrada e executada foi da dona Gessi e família.

    As fotos deste pouso são minhas e estou aos poucos postando neste blog...abaixo.
    se puder divulgar agradeço, afinal são coisas da "nossa" terra.
    e irão mostrar a beleza e o sentimento das folias do Divino, independente dela ser do "Padre ou do Roque".

    Abraços,
    Fernanda Cordeiro


    http://pirietal.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. A cultura está invertida em Pirenópolis. Se por um lado há a inoperância do poder público, por exemplo, para impedir que o som automotivo toque, por outro desestimulam as figuras folclóricas de continuarem existindo.

    ResponderExcluir
  4. Marcelo Fernandes22 de maio de 2012 11:10

    É, o futuro da Banda de Couro realmente parece incerto. Até ontem, dia 21/05/2012, não se via, nem se ouvia a bandinha pelas ruas da cidade, nem mesmo após as novenas, fato que causava tristeza. Onde já se viu Festa do Divino sem banda de couro? Mas parece que algo aconteceu, hoje dia 22/05, pela madrugada, ouviu-se pela cidade o som da bandinha, meio acanhado ainda, mas já foi ouvido. Assim, parece que algo de importante aconteceu, alguém se compadeceu e não deixou que a BANDA DE COURO calasse. ACORDA PIRENÓPOLIS.

    ResponderExcluir
  5. Sobre essa Banda de Couro, você bem que poderia criar uma postagem para explicar direitinho do que se trata.

    ResponderExcluir
  6. Fiz parte da turma da banda de couro por um bom tempo, tambem estou sentindo falta da batucada em nossas madrugadas e apos as novenas..
    Se alguem poder se pronunciar sobre oquê esta ocorrendo tbm fico grato!
    Marcelo Fernandes, parabéns pela iniciativa seu blog esta otimo. Abraço.

    ResponderExcluir
  7. Luís Antônio de Oliveira23 de maio de 2012 11:15

    Eu respondo o que está acontecendo com a Banda de Couro. É que não reservaram verbas para ela e o Vicente Milanir bateu o pé, só toca com, pelo menos, promessa de pagamento.

    Ele está certo. Gastam, por exemplo, uma fortuna para bancar aquele desfile no campo, gastam com o padre cantor, mas as bandas ficam de fora. Para a de música, pelo menos há previsão no orçamento (embora o ano passado eles não tenham recebido nada). Pior é a Banda de Couro, para quem não querem dar nada.

    Se todos fizessem de graça, ótimo, vamos exaltar o Divino Espírito Santo, com carinho e amor. Mas como tem gente recebendo (e muito), então a Banda de Couro quer também.

    A situação já está (provisoriamente) resolvida, porque o Vicente conseguiu uma promessa do gestor do dinheiro que vem do Estado, de que ele e os meninos receberão também.

    Essa é nossa Pirenópolis atual, só funciona na base do tranco.

    Adriano Curado, obrigado por este espaço de debate.

    ResponderExcluir

Minhas leitoras e meus leitores, ao comentarem as postagens, por favor assinem. Isso é importante para mim. Se não tiver conta no Google, selecione Nome/URL (que está acima de Anônimo), escreva seu nome e clique em "continuar".

Todas as postagens passarão por minha avaliação, antes de serem publicadas.

Obrigado pela visita a este blog e volte sempre.

Adriano Curado