segunda-feira, 26 de maio de 2014

O uso do Cavalhódromo




Uma questão que tem que ser esclarecida ao povo é sobre a atual propriedade do Cavalhódromo. Construído onde antes era o campo de futebol Dr. Ulysses Jayme, que pertencia ao Município, o imenso complexo foi edificado com verbas estaduais em cifras astronômicas que ninguém sabe ao certo, pois passou por três governadores e a obra foi paralisada e retomada diversas vezes. Fato é que, depois de pronto, a quem pertence o Cavalhódromo?

Essa pergunta é oportuna porque sua resposta conta ao povo quem deve prestar contas dos gastos e arrecadação e se responsabilizar pelo seu uso. Quando ocorrem partidas futebolísticas no local, são vendidos ingressos aos torcedores, mas não há prestação de contas dos valores arrecadados e nem de seu recolhimento aos cofres públicos, o que poderia configurar improbidade administrativa.

Quanto ao Estádio Serra Dourara, por exemplo, depois que a concessionária que o administrava findou seu contrato, o complexo voltou para o governo do Estado de Goiás e a arrecadação com jogos e eventos privados paga aos cofres públicos um percentual.

Definido se o Cavalhódromo é do Município de Pirenópolis ou do Estado de Goiás, é preciso que um administrador seja designado para o local, com a responsabilidade de zelar pelo patrimônio público e também prestar contas das receitas e despesas geradas.

Adriano Curado

3 comentários:

  1. Maria Lúcia de Souza26 de maio de 2014 11:50

    Você tem razão, Adriano Curado, é preciso de fato determinar quem administra o Cavalhódromo, porque senão o erário pública ficará no prejuízo. Eu creio que é o Município que deve administrá-lo, pois ele é dono do terreno público.

    ResponderExcluir
  2. Assim como a Piretur, caixa dois da prefeitura.

    ResponderExcluir
  3. Luíza Veiga Mascarenhas27 de maio de 2014 08:34

    Boa matéria, Dr. Adriano. O uso desse mostrengo chamado Cavalhódromo tem que ser regulamentado e os lucros expostos para o público através de prestação clara de contas.

    ResponderExcluir

Minhas leitoras e meus leitores, ao comentarem as postagens, por favor assinem. Isso é importante para mim. Se não tiver conta no Google, selecione Nome/URL (que está acima de Anônimo), escreva seu nome e clique em "continuar".

Todas as postagens passarão por minha avaliação, antes de serem publicadas.

Obrigado pela visita a este blog e volte sempre.

Adriano Curado