quinta-feira, 28 de junho de 2012

A posição da Matriz



     Há uma lenda de que o local da instalação da Igreja Matriz foi determinado pela proximidade da residência daquele que mais contribuiu para a obra. Mas pode não ter sido bem assim.

    É que a posição do velho templo cria a impressão, na perspectiva de quem sobe a rua do Rosário, de que ele é bem maior. Na verdade, de baixo para cima suas dimensões parecem extraordinariamente bem mais avantajadas.

     Quem sabe tal impacto visual tenha passado pela mente dos arquitetos, quando eles procuravam um sítio para erguer a Matriz. Ou talvez tudo seja mera coincidência e o acaso criou essa ilusão de ótica. 

     Fato é que, já cansado da luta com a ladeira do Rosário e com pouco oxigênio no cérebro, parece ao aventureiro que as torres da igreja roçam no céu.

Adriano César Curado

3 comentários:

  1. João Luís de Mendonça28 de junho de 2012 17:57

    EXCELENTE SUA OBSERVAÇÃO, ADRIANO CURADO. NUNCA TINHA NOTADO QUE A MATRIZ, VISTA DA LADEIRA DO ROSÁRIO, PARECE MUITO MAIOR DO QUE EFETIVAMENTE É. ISSO DE FATO NOS LEVA A PENSAR NOS PLANOS DO ARQUITETO CONTRATADO PARA A OBRA. PARABÉNS PELA POSTAGEM. FOI IMPECÁVEL, COMO SEMPRE.

    ResponderExcluir
  2. Essa visão dimensional da igreja, pude ter no primeiro momento que a vi, haja visto que a cidade é predominantemente formada de ladeiras. Gosto muito!!!

    ResponderExcluir
  3. É interessante notar nisso. Mas essa igreja é linda de qualquer maneira. Parabéns pela postagem.

    ResponderExcluir

Minhas leitoras e meus leitores, ao comentarem as postagens, por favor assinem. Isso é importante para mim. Se não tiver conta no Google, selecione Nome/URL (que está acima de Anônimo), escreva seu nome e clique em "continuar".

Todas as postagens passarão por minha avaliação, antes de serem publicadas.

Obrigado pela visita a este blog e volte sempre.

Adriano Curado