terça-feira, 7 de fevereiro de 2012

Pirenópolis na COPA 2014


     Em março deste ano (2012) a FIFA (Federation Internationale de Football Association ou Federação internacional de Futebol e Associados) abrirá inscrições de Centros de Treinamento da Copa do Mundo de 2014. Se Pirenópolis quiser se candidatar a um desses centros, como noticiado no site da Prefeitura Municipal, terá que preencher um minucioso formulário da FIFA e se comprometer a cumprir metas rigorosas.

      Se acaso a cidade for selecionada, sua projeção no âmbito internacional será imensa, com repercussão direta no turismo de boa qualidade.

      Embora esteja localizada em ponto estratégico, pela proximidade de Brasília, que sediará jogos da Copa do Mundo, dificilmente nossa cidade conseguirá se tornar centro de treinamento. 

     Quando os técnicos da FIFA vierem inspecionar nossas instalações, estaremos certamente desclassificados. Nosso módulo esportivo é velho e estragado pelo uso inadequado – exemplo: aluguel para festas, folias de Carnaval, pecuárias etc. À noite, os inspetores não conseguirão dormir por conta do som automotivo que os perturbará, e então por certo que imaginarão no vexame de uma delegação estrangeira passando por esse incômodo. E que dizer do trânsito de caminhões e ônibus no Centro Histórico, do esgoto a céu aberto, dos buracos no asfalto, da falta de policiamento ostensivo etc.?

      Se tiver pretensões de holofotes internacionais, Pirenópolis tem antes que se preparar, fazer a lição de casa, cuidar dos problemas internos. E não é por falta de avisar, pois este blog trata do assunto há anos, mostra fotografias, denuncia problemas pontuais, mas não se vê resultados.

14 comentários:

  1. Parabéns pela coragem de escrever um texto assim. Você está corretíssimo. Pirenópolis nunca conseguirá ser um centro de treinamento da Fifa com esse abandono todo.

    Veja que não temos sequer uma praça bem cuidada, um jardim que valha a pena apreciar, uma orla de beira-rio aprazível. Só temos projetos, promessas e comissões eternas. Nem o Plano Diretor esse gente conseguiu aprovar!

    Quem anda pelas ruas não suporta o fedor de água de bosta para todo lado. A Polícia Militar parece que só fica dentro do quartel. O tal som automotivo continua firme a incomodar moradores e turistas, mas ainda assim ninguém age. Buracos nas ruas lembram a superfície da lua. Se quisermos andar de carro, temos que dar preferência a caminhões em alta velocidade, em que pese placas de sinalização proibindo. Motoqueiros voam baixo com suas motos de escapamento aberto. Os pedestres são forçados a transitar nas ruas porque nas calçadas podem ser atropelados por bicicleteiros irresponsáveis.

    E onde estão as campanhas de conscientização, as multas, as apreensões, os confiscos? Onde está o Poder Público que não vem esses disparates?

    Cadê um projeto efetivo de regularização do trânsito dentro da cidade? Todo feriado prolongado é a mesma coisa: engarrafamento, acidentes, buzinaço...

    Enfim, o preenchimento desse formulário é só para fins eleitoreiros, porque não é possível que os gestores locais acham mesmo que conseguirão resultados práticos. Ou é isso ou não andam pelas ruas, não conversam com as pessoas, não conhecem a cidade que administram.

    Tudo isso pode ser resumido numa frase que você escreveu numa postagem mais antiga: “é tudo de faz-de-conta”.

    ResponderExcluir
  2. Ué, gente, Nivaldo Melo tá tentando, mas não tem dinheiro pra resolver os problemas tudo. O Rogério Figueiredo deixou tudo acabar, agora tem que ter paciência!

    ResponderExcluir
  3. Ana Inácia dos Santos7 de fevereiro de 2012 20:52

    Não basta só tentar. Ele foi eleito pelo povo para encontrar soluções. Vejao exemplo do hospital público que é apenas um ambulatório. Entra e sai prefeito e nada melhora nesta cidade.

    ResponderExcluir
  4. Não tem essa de culpar prefeito anterior não, é arregaçar as mangas e trabalhar mesmo! Esse som automotivo antes era de turista, agora podemos verificar as placas de Pirenópolis mesmo. Ou seja, nem o próprio morador da cidade respeita o lugar onde vive. Não adianta colocar a culpa em turistas, até mesmo com certo preconceito, de determinadas cidades. O próprio povo de Pirenópolis não respeita seu habitat. Daí como esperar ser coroado como centro de treinamento? Se tudo isso não é possível de se ajeitar, o "coitado" do prefeito "tá tentando", então não se aventure por se candidatar a um tipo de coisa dessa. Tenha senso de ridículo e se aquiete, pra não ter que passar vergonha maior, inclusive internacional.

    ResponderExcluir
  5. Cara Ana Inácia, será que vc não sabe que o hospital é de responsabilidade do Estado de Goiás, o município não tem nada com isso.

    ResponderExcluir
  6. A discussão aqui não é o julgamento deste prefeito ou dos seus antecessores. A intenção do autor da postagem é apenas a comprovação de que, no estado atual, Pirenópolis não tem condição alguma de sediar delegações estrangeiras para a Copa do Mundo.

    Está certo o auto, pois a preparação para o evento já deveria ter se iniciado há muito tempo. Estão nossos hotéis e restaurantes preparados, com seus funcionários aptos a se comunicarem pelo menos em inglês? Há segurança adequada para receber essa gente? Nossas estradas e vias públicas têm boas condições de tráfego? Tudo isso e muito mais será perguntado no tal questionário.

    Apesar das controvérsias, temos que admitir que, boa e organizada, a cidade não está. Pelo contrário. Há uma carência muito grande de boa gestão e isso pode ser auferido a olhos vistos. Mas com um pouco de boa vontade e trabalho efetivo, nossa querida Pirenópolis se superar. Ela é a pátria querida de muita gente, mora no coração até dos que estão distantes lá nas estrangeiras.

    Na minha opinião pessoal, o que atrapalha Pirenópolis é o poder público. Aliás, ela não precisa dos administradores, é capaz de sobreviver apenas com o povo.

    É essa a minha opinião sobre o assunto.

    ResponderExcluir
  7. Ana Inácia dos Santos8 de fevereiro de 2012 18:41

    Caríssimo Sr. ou Sra. Darlei, será que você não sabe o que é o Sistema Único de Saúde (SUS)? Isso quer dizer que, solidariamente, tanto os poderes federal, estadual e municipal, devem ajudar a Saúde Pública. Então não tem essa de hospital sob responsabilidade do Estado. As três esferas de poder podem e devem contribuir para sua melhoria. Isso é independente de quem é seu gestor.

    ResponderExcluir
  8. Eu quero ver é chegar o Carnaval com essa desorganização toda na cidade!

    ResponderExcluir
  9. Deus abençoe os que têm a responsabilidade do poder. De tudo que lhes é dado, o dobro será cobrado!

    ResponderExcluir
  10. Como devia ser bom o mundo na época da Grécia antiga, quando o povo se reunia na praça e decidia os problemas da cidade. Não havia políticos para atrapalhar e tudo era mil maravilhas!

    ResponderExcluir
  11. Com todos esses problemas descritos aí em cima, acho que a cidade não tem chance mesmo.

    ResponderExcluir
  12. A prefeitura não faz é nada.dia 10 de Outubro de 2010, o meu pai pediu ao prefeito que ele mandasse trocar uma lâmpada do poste que fica na porta da nossa casa,ai passo 1,2,3 meses ai que o prefeito resolveu trocar a tau lâmpada depois que meu reclamou no gabinete dele,e hoje em dia a lâmpada ta queimada de novo.O prefeito não concerta os buracos na rua,não cuida da organização da cidade.O prefeito mora num bairro super calmo,acho que é por isso que ele não vê que a cidade tá esburacada e não ouve o som automotivo,porquê enquanto ele ta deitado dormindo tranquilo as senhoras de idade não conseguem dormir em paz por causa do som auto.

    ResponderExcluir
  13. A prefeitura precisa de renovação, de ânimo novo, de oxigenação.

    Nas próximas eleições, sendo o atual prefeito ou algum sucessor, ou mesmo a oposição, a assumir a gestão municipal, espero que olhe mais pela cidade.

    E não é preciso nenhuma obra grandiosa, não.

    A cidade, por si só, já sobrevive bem com sua infraestrutura atual. O que pedimos é coleta eficiente de lixo, limpeza das ruas, jardinagem nas praças e avenidas etc. Há, e também o fim do som automotivo, que isso é algo que todo mundo reclama, a toda hora, e ninguém é capaz de exterminar.

    Pirenópolis precisa se preparar para os novos desafios.

    Agora, essa história de receber delegação estrangeira para se concentrar para a Copa do Mundo, realmente é ridículo.

    ResponderExcluir
  14. É muito simples resolver tudo isso. Este ano tem eleição.

    ResponderExcluir

Minhas leitoras e meus leitores, ao comentarem as postagens, por favor assinem. Isso é importante para mim. Se não tiver conta no Google, selecione Nome/URL (que está acima de Anônimo), escreva seu nome e clique em "continuar".

Todas as postagens passarão por minha avaliação, antes de serem publicadas.

Obrigado pela visita a este blog e volte sempre.

Adriano Curado