segunda-feira, 20 de outubro de 2014

Meu pai


Olha aí meu pai (Luiz César) vivendo intensamente sua breve existência neste plano da criação. Alegre, brincalhão e jovial, soube aproveitar cada momento como se fosse o último. Às vezes me estresso com pessoas e acontecimentos, então me lembro dele e de sua incrível capacidade de não esquentar com nada.

Adriano Curado

6 comentários:

  1. Tayná Valle Nunes21 de outubro de 2014 10:01

    Que legal ver essa foto... O conheci ja com cabelo bem branquinho...rsrrs mto bacana..

    ResponderExcluir
  2. Figura única...quanta saudade.

    ResponderExcluir
  3. Sinto muita saudade dele. Foi meu amigo e companheiro.

    ResponderExcluir
  4. Nossa muito emocionante ve-lo alegre montado em seu alazao malhado de pampa. Muito cortez, alegre e feliz.

    ResponderExcluir
  5. "Césa" era um "peão" corajoso. Se não estou engano esse cavalo se chamava Xerife, ô cavalinho tinhoso, para não dizer perigoso, mas era um bom animal, muito espeto.

    ResponderExcluir
  6. Adriano Curado, tudo isso faz parte das historias que temos dos nossos pais, sejam elas boas ou menos boa, o que fica e a saudade, tenho recordações muito boas com o seu pai.

    ResponderExcluir

Minhas leitoras e meus leitores, ao comentarem as postagens, por favor assinem. Isso é importante para mim. Se não tiver conta no Google, selecione Nome/URL (que está acima de Anônimo), escreva seu nome e clique em "continuar".

Todas as postagens passarão por minha avaliação, antes de serem publicadas.

Obrigado pela visita a este blog e volte sempre.

Adriano Curado