sexta-feira, 6 de junho de 2014

O grande sentido da festa de Pentecostes

Eis que já se aproxima a festa de Pentecostes. Não tardam os estardalhaços característicos dessas festividades barulhentas e multicoloridas. 

Mas o louvor ao Divino Espírito Santo vai muito além dos acontecimentos profanos ou mesmo religiosos. Ele é um estado de espírito que está dentro de cada um de nós. Não é preciso ser religioso convicto ou seguir algum preceito de qualquer religião para compreender a grandiosidade deste momento. 

Aproxima-se o foguetório, ouve-se a banda de música, pessoas riem descontraídas e muita fartura é distribuída por todos para todos. É este o espírito de Pentecostes. E somado a tudo isso, lá vêm Cavalhadas, cortejos, coroações, queima de fogos, fogueira acesa, sinos que derramam melancolia sobre a velha cidade.

Precisamos dessas extravagâncias para renovar as energias e prosseguir na missão de cada um de nós. Depois que findar o banquete da poesia encantadora da festa, restará no interior individual doce compreensão momentânea da presença de Deus entre os homens.

Adriano Curado

6 comentários:

  1. Parabéns pelo post, equipe brigadeiro porto alegre, Atelier Là Piu Bella Donna.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pelo post, equipe brigadeiro porto alegre, Atelier Là Piu Bella Donna.

    ResponderExcluir
  3. Muito proveitoso, adoramos!
    obrigado por compartilhar conosco.

    ResponderExcluir
  4. Muito proveitoso, adoramos!
    obrigado por compartilhar conosco.

    ResponderExcluir

Minhas leitoras e meus leitores, ao comentarem as postagens, por favor assinem. Isso é importante para mim. Se não tiver conta no Google, selecione Nome/URL (que está acima de Anônimo), escreva seu nome e clique em "continuar".

Todas as postagens passarão por minha avaliação, antes de serem publicadas.

Obrigado pela visita a este blog e volte sempre.

Adriano Curado