segunda-feira, 6 de junho de 2011

A Cidade em festa

     A Festa do Divino Espírito Santo já modifica Pirenópolis. Muitos casarões foram recém-pintados e a Casa Imperial  recebe centenas de pessoas todos os dias. É também o momento de tirar as fôrmas do alfenim verônica da gaveta e moldar em açúcar lindas mensagens com temas festivos.


     Confira algumas imagens desse início de festa.



1 Cruz Enfeitada


2 Doce Cristalizado


3 Fôrma de Verônica


3 Fôrma de Verônica



Alfenim Verônica


Fôrma e Verônica


Casa Enfeitada


Porta da Casa Imperial



Bala de Coco



Matriz Enfeitada


Cruz Enfeitada



Alfenim Verônica


Casarão recém-pintado


Doce de Mamão



Matriz Enfeitada


Alfenim Verônica


Fôrma de Verônica

8 comentários:

  1. Carlos Soares Cunha6 de junho de 2011 11:56

    A festa chegou de vez, agora é só alegria e paz. Vida o Divino Espírito Santo!

    ResponderExcluir
  2. Taluana Cordeiro Ferreira6 de junho de 2011 13:58

    Que delícia essas verônicas, deu água na boca! Não sabia que as formas são de metal.

    ResponderExcluir
  3. Pensa numa bala de coco perfeita! Delícia!

    ResponderExcluir
  4. Uma das músicas da Novena, esta por mim cantada... Breve terei mais e postarei a você caro Adriano Curado

    http://www.youtube.com/watch?v=osCjlLH9izg

    ResponderExcluir
  5. Obrigado pela consideração, José. Ficou lindo. Deu saudades de outros tempos, quando nossa cidade era mais tranquila e pacífica. Meus parabéns.

    ResponderExcluir
  6. Nunca morre a esperança de um pirenopolino... E então ao menos na novena e na missa do Divino no Domingo... Serão cantadas as músicas de antes, talvez nem do nosso tempo, mas no tempo de nossos avós... Uma riqueza muito grande as partituras, ainda feitas a mão.

    ResponderExcluir
  7. A esperança é algo que não pode morrer nunca, amigo José Roberto. Nossa tradição resistiu tanto tempo porque aqueles que vieram antes de nós foram teimosos. Continuemos na insistência, que ainda virão dias melhores.

    ResponderExcluir
  8. Adriano Curado parabéns pelos post lindos sobre a nossa tradição, é exatamente assim que se perpetua as tradições é dialogando e discutindo e trabalhando assim nos fortalecemos para manter viva a nossa cultura.
    José Roberto, a esperança é a que faz o mundo girar e pode ter certeza que a do pirenopolino nunca morreu, pois só assim continuar todas tradições que foram passadas de geração a geração e agora esta na nossa para cuidarmos e passarmos para as futuras gerações
    e que o Divino Espirito Santo nos abençoe e nos de proteção para corra tudo bem, tudo em paz !!!

    ResponderExcluir

Minhas leitoras e meus leitores, ao comentarem as postagens, por favor assinem. Isso é importante para mim. Se não tiver conta no Google, selecione Nome/URL (que está acima de Anônimo), escreva seu nome e clique em "continuar".

Todas as postagens passarão por minha avaliação, antes de serem publicadas.

Obrigado pela visita a este blog e volte sempre.

Adriano Curado